segunda-feira, 11 de outubro de 2010

O estado da minha vida

Neste momento tenho uma vida quase perfeita mas está completamente deslocada...
Parece um puzzle montado em duas partes, mas que essas duas partes não se podem unir porque falta ali uma peça impossível. Nada é impossível, mas neste caso parece-me O mais impossível que já vi...
Ora, tenho uma casa com boas condições e todas as condições para poder constituir a minha família, por outro lado tenho um homem que me faz feliz, que me Ama e com quem eu quero passar muitos anos da minha vida inclusive sermos pais de uma menina linda cheia de caracóis (ou menino!!!).
A minha vida às tantas é feita de 8 e 80: quando passava muito tempo em casa, agarrada ao sofá e à tv e ao pc, irritava-me ser obrigada a estar ali. Agora que tenho uma boa companhia aos serões não posso estar no quentinho da minha lareira, nem enroscadinhos no sofá...Adoro a minha cama e o meu quarto, mas para lá dormir tem de ser sozinha, naquela cama enorme....tenho três quartos, uma sala, duas casas-de-banho uma sala e uma cozinha grande, tudo decorado ao meu gosto, com muitas cores e serenidade, mas para quê??? Ontem ouvi a minha sobrinha (no andar de cima) a correr e a rir às gargalhadas, a cantar como ela gosta tanto de fazer. Há uns meses atrás eu sorria, ontem deu-me vontade de chorar, porque estava a chover imenso e gostava de também poder estar em casa, a tratar do jantar e a cuidar da minha família...
Vou levando enquanto puder, e posso enquanto sou feliz! De vez em quando dão-me estas nostalgias, mas depois passa porque entretanto já arranjei forças não sei de onde, e já vi a luz ao fundo do túnel, (esta ainda não a vi, mas sei que ela está lá!)
Força "melher" que tudo se resolve e para tudo há uma solução! Basta acreditar, com pensamento positivo, mãos há obra e muita alegria!

6 comentários:

  1. É esse mesmo o pensamento... tudo se resolve, basta tentar muito.

    ResponderEliminar
  2. Isso mesmo, um dia vais ter aquilo que realmente desejas, não tenhas pressa.

    ResponderEliminar
  3. Tudo se resolve, mas enquanto se resolve e não resolve, elas não matam, mas moem.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Há momentos assim, e dias mais sensíveis, mas tens muita sorte por teres tudo isso. :)

    ResponderEliminar