sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Ao contrário


O meu baby aos 9 meses deixou de querer dormir na cama de grades, chorava que não queria mesmo. Então desmontei aquilo tudo e como já tinha uma cama de solteiro no quarto dele com gaveta por baixo, fiz-lhe logo lá a cama dele, com protecção lateral, lençóis novos, almofadas e bonecos!
Então em vez do baby ir parar à minha cama a meio da noite, sou eu que me infiltro na cama dele!
Eu adormeço-o lá e depois vou para a minha cama, só às vezes ao fim-de-semana é que o levo para ao pé de mim, mas o gajo tem muito mau dormir: rebola para todo o lado, ora já tenho as pernas dele em cima de mim, como a cabeça na minha almofada!



quarta-feira, 21 de setembro de 2016

O primeiro aniversário


Foi lá em casa, tal como o baptizado.
Reuni as tropas para encher-mos mais uma vez 250 e balões e decorarmos tudo. Na véspera é que fui comprar tudo, desde os balões à comida e bebidas. Sábado dia 10 de Setembro foi o dia da sua primeira festa (fazia um ano que tinha regressado a cada da maternidade) e como o tempo passa!



Hoje o meu baby pesa 12800kg, mede 79cm, veste para 2 anos e está quase a andar sozinho!
A festa correu bem, rodeada da família e dos amigos mais próximos do coração, durou até às tantas...alegria é o que se quer! No final tive ajuda para arrumar tudo e isso é de grande valor!
Os meus amigos são os maiores!!!!





terça-feira, 20 de setembro de 2016

Há uma ano atrás....


....dia 08 de Setembro 2015 estava eu na maternidade de Cascais a "parir" o meu filhote.

 


Dei entrada ao final da noite de dia 07 para passar lá a noite "no hotel" e logo de manhã do dia 08 me induzirem o parto...eram 3h e tal da matina quando comecei a sentir dores, eu rebolava na cama até que já estava mesmo incomodativo, chamei a enfermeira que me deu um ben-u-ron...ya right...não fez efeito e as dores começaram a aumentar, estava com contracções na zona lombar, nada na barriga. O chavalo esperou até à última para resolver sair lá da minha barriga, estava-se bem lá dentro! E ainda bem que ele não esperou pela indução pois dizem que as dores são piores!


Então eram 5h da matina fui transferida para o bloco de partos onde me deram logo a epidural. Ainda deu para dormir, o pai da cria apareceu às 8h, esteve comigo ali ao meu lado, enquanto eu acordava com dores e dormitava logo de seguida...ele foi almoçar e a mim deram-me uma gelatina! Uhhuuu bem boa!!!!


Pedi para tomar um duche, a água a escorrer-me nas costas soube-me pela vida, até que vem uma enfermeira ver se estava tudo bem porque ao que parecia eu estava ali há imenso tempo...nem dei por isso!!!


Os turnos mudaram uma e duas vezes, até que me apareceu uma enfermeira que eu não gostava dela, foi a tal que me deu entrada na noite anterior e não gostei das maneiras brutas como falou para mim e para o pai do meu filho e muito menos quando começou a falar mal da minha obstetra (mauuuu não falem mal de quem eu gosto que eu viro bicho), então quando a vi entrar e vi que era ela a minha parteira, comecei a entrar em pânico. As águas rebentaram, estava na hora eram 17h e tal, as dores cada vez mais intensas apesar das 3 doses de epidural.

Pedi ao pai do meu filho que tirasse aquela enfermeira dali, ela dizia-me para fazer força se não tinha de chamar os médicos de serviço, eu já aos berros disse-lhe que não conseguia sentir onde devia fazer força (a epidural deixa-nos dormentes) e ela que chamasse reforços, eu só não a queria ali.
Ela chamou, eram 2 médicas e uma data de enfermeiros, retiraram o pai dali para outra sala e trouxeram a ventosa. Eu comecei a gritar, a chorar e espernear em pânico, aquela posição era horrível porque só tinha dores na zona lombar (e que dores). Entretanto cortaram-me e eu senti-me que não estava ali (foi uma sensação que não era eu, deixei de as ouvir e não sei se eu chorava ou se gritava...não sei...não estava ali).

Afinal o meu baby tinha o cordão umbilical à volta do pescoço e depois também não conseguia sair porque os ombros não queriam passar...eles é que são os profissionais e lá mo tiraram. Eram 17:54h, 4050kg e 54cm de baby!!! Ele vinha roxo, teve que ser logo aspirado e nem o tive nos meus braços, foi para a incubadora aquecer durante uma hora. Entre ele sair e ser aspirado e entrar na incubadora ao meu lado, eu não chorava, estava ali e não tirava os olhos dele, olhava em redor e via as enfermeiras todas cansadas a sair uma a uma. Uma das médicas foi dar a noticia ao pai e a outra ficou a cozer-me. algo que demorou uns escassos minutos, a mim, pareceu-me uma eternidade. Vi a minha placenta, horrorosa, aquilo parecia uma alforreca. Tudo em volta estava cheio de sangue, parecia um matadouro, eu tinha uma hemorragia mas elas conseguiram estancar, eu já não sentia nada, só observava e estava aos poucos a voltar a mim. O bebé foi visto pela pediatra e estava óptimo, só precisava de restabelecer a temperatura e o meu primeiro pensamento foi: ele nem sabe chorar tadinho, tão lindooooo.

Limparam-me toda, mudaram-me de cama, de repente o matadouro estava imaculado e cheiroso. Chegou o pai com os olhos em lágrimas, e deu logo a noticia a toda a família e amigos, até que finalmente o meteram nos meus braços, já vestido, inchado, mas para mim o meu maior amor e o bebe mais lindo do mundo!


Às 22h e tal o pai teve de sair e eu após ter jantado uma sopa transferiram-me para o meu quarto onde tinha uma vista para a serra de Sintra.


Fui tomar outro duche e vestir a minha roupa, devia ser quase meia-noite...estava estafada mas não me importava de observar o meu menino no seu berço de hospital. Ele tinha fome, eu dava-lhe peito, ele chorava eu não sabia o que fazer, até que a enfermeira disse: deite-se com ele ao lado do seu corpo, ele vai acalmar-se e você também precisa de descansar, assim foi...o meu anjinho sempre dormiu comigo até aos 4 meses, era um descanso, eu não me levantava de noite, se ele tivesse fome tinha logo ali as mamas ao seu dispor!




segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Segundo filho?


Tanta gente que me pergunta e eu respondo: nem pensar!
Ora porquê? Eu explico:
Ainda me sai um "ao contrário". O meu filho desde os 4 meses que dorme no quarto dele e na cama dele, nunca teve cólicas, é um comilão e só está bem a dar ao dente, nunca adoeceu, é feliz, arreganha a tacha para toda a gente e apenas faz birras com fome e sono! Fui muito abençoada...se calhar o segundo era todo ao contrário...nem quero pensar!
Depois há mais dois motivos bem fortes: o primeiro era se o pai da cria me pagasse uma lipo-aspiração, o segundo é que me desse muito amor nos momentos em que mais precisamos (pós-parto), como não tive nada disso....só se fosse maluca!
(mas nunca digas nunca)



sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Há males que vêm para bem


É nisto que tenho de me focar.
A minha vida deu uma grande volta e até ao final do ano dá mais outra volta. Eu tento não ficar tonta, tento ser forte e ver o lado positivo de andar a fazer o pino, e existe sempre um lado positivo.
Acredito que nada acontece por acaso e tenho de pôr mãos à obra para aceitar estas transformações na minha vida e dar a volta por cima!
Eu vou conseguir....já chorei muito, voltei a fumar, tem dias que não consigo comer, durmo pouco mas dá para descansar...vou erguer-me e vou vencer.

Desabafo agora e tenho muitos post's em atraso para colocar por aqui, mãos à obra Supersónica Maria!



terça-feira, 30 de agosto de 2016

Que crueldade


Estava eu tão bem, de férias, alapada no sofá de quando em vez, sem horários para cumprir a não ser as exigências do meu filhote mas isso é o meu "trabalho" de mãe que o faço com todo o amor.
Agora vir de novo trabalhar deixa-me em baixo e triste...
Passei estes 15 dias, 24h com o meu filho, a vê-lo crescer, desenvolver, fazer gracinhas, birras (que também faz parte), vê-lo a desarrumar-me a casa toda, a rir-se às gargalhadas, a querer correr mesmo antes de saber andar, a querer viver tudo hoje e a lutar contra a o sono, porque o amanhã pode não chegar e há tanto para brincar e o panda para ver, e as musicas para dançar, entre os baloiços e a praia...!!!!!!



Este menino que me enche o coração todos os dias, e hoje cá estou eu no trabalho cheia de saudades....




sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Sou bem mandada #3


O meu Gmail é mega fofinho só lhe falta desejar-me boas férias!!!!!!
Mas sim, vou aproveitar o dia com o meu baby!





quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Em contagem decrescente



Para ir duas semanas de férias....ir que não vou para lado nenhum, mas vou passear imenso com o baby e vou descansar (ou não!!!!)




quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Noites tropicais





Com estas noites fantásticas, ficamos nos baloiços até de noite...ele adora!
Depois fica tão cansado que é só tomar uma banhoca e dormir a noite toda!



segunda-feira, 8 de agosto de 2016

So in love


Estou tão apaixonada pelo meu baby...todos os dias há sorrisos novos, novas aprendizagens, novos desenvolvimentos.
É tão esperto e inteligente, já faz birras e tem as suas manhas, o que faz parte!
É lindo.
É um amor que não sei explicar, é uma saudade boa que sinto que me faz sair do trabalho e ir a correr para casa só para o poder abraçar.
E os miminhos? Dá-me miminhos e é a coisa mais boa deste mundo....



E hoje ele faz 11 meses....ainda ontem nasceu!




sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Eu tenho #13


Fui à FIARTIL e este ano comprei mais dois fios, em prata (na minha tabanca preferida): 





Os meus amuletos: um menino e um anjinho ao qual eu acrescentei o "R" que já lá comprei no ano passado.
Gosto desta mistura, tem a misticidade do verão aliado ao meu baby!