segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

O regresso da Couve em dobro!



No dia dos namorados (e apesar de ai e tal todos os dias são dias de namorados) eu cá adoro este dia!
E como romântica que sou, andei a preparar surpresas com semanas de antecedência e por isso à meia-noite houve um telegrama em chocolates:




De manhã, enquanto o gajo tomava banho, eu fui a correr à cozinha colocar estas canecas em ardósia, escritas com giz, óptimas para dar recados:



 À noite, houve jantarzinho romântico de Sushi à borlix, que eu consegui ganhar num passatempo do mesmo restaurante:




E depois eu aguardei, aguardei, aguardei e desesperei. Fiquei pior do que fodida. Então eu com tanto trabalho, amor e carinho e o meu gajo não me dá nada? Ai que temos a burra nas couves.
Ainda por cima foi o fim-de-semana das crias...enfim. Acordei cedo no sábado, fui às compras, almocei, limpei a casa e às tantas aparece-me o mais-que-tudo numa visita de médico só para dar um beijinho pois ele tinha de ir ajudar a mãe (no domingo houve almoço de família e a senhora entra em stress com tanto de fazer, pois somos quase 20) e de novo de mãos a abanar. Ora fodasseeeeee, fiquei mais tristes, raios partam estes homens, já não há romantismo????
Ele foi-se embora e eu fui-me arranjar pois tinha um jantar de aniversário de uma amiga. Meti-me bonita e airosa, meti na cabeça que este pormenor era para esquecer e lá fui! Ele apareceu no final do jantar para cantar os parabéns e à saída, sem eu reparar gamou-me a chave do meu carro e desapareceu. Eu nem dei pela falta, nem da chave nem dele. De seguida fomos para casa de um casal amigo, pois também teríamos de ir cedo dormir devido ao almoço de domingo. Para meu espanto quando entro no meu carro: Charaaaaaaaaannnn um ramo lindo, lindo, lindo com uma couve. Ora ele vendeu-me a ideia de que a florista não tinha couves na sexta, apenas no sábado e eu fiquei super feliz!







Fui dormir à sogra, domingo passou-se em família e quando voltei à minha casa e coloquei as flores na jarra, deparei-me com a segunda couve, não uma, mas duas! Gostei, gostei, gostei! Espero que durem tanto como a anterior que foi quase 4 meses de crescimento apenas em água, mas quando desabrochar vou colocar num vaso com terra para durar e durar e durar....


 







19 comentários:

  1. "Biste"?!?!? A gente queixa-se...mas cada um tem o seu jeito diferente de ser romântico:)...e que lindas diferentes e originais são as tuas "couves":)

    jinhooooosssss

    ResponderEliminar
  2. Ai tão romântico... viste?... opahh nós a mulheres estamos sempre a pensar mal dos moçoilos.

    ResponderEliminar
  3. As canecas estão super originais! :)

    Vês como o moço não se esqueceu?! Foi apenas um problema de logística :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu desconhecia a existência destas canecas, são mesmo giras!!!

      Eliminar
  4. ahahah Mas que dedicado... safou-se bem!!!

    ResponderEliminar
  5. Ohhh que queridos vocês, einh? Adorei! Adoro que as pessoas estejam felizes :)

    ResponderEliminar
  6. Nós (mulheres) temos sempre tendência a fazer um bicho de sete cabeças e arranjar fantasmas onde não existem. ;)

    Aposto que ganhou uns tantos pontos, hã? ;)

    ResponderEliminar