quinta-feira, 16 de maio de 2013

Hoje só me apetecia ser gato!





«O que espanta num gato é a maneira como combina a neurose, a desconfiança e o medo - para não falar numa ausência total de sentido de humor - com o talento para procurar e apreciar o conforto e, sobretudo, a capacidade para dormir 20 em cada 24 horas, sem a ajuda de benzodiazepinas.

O gato é neurótico mas brinca. (...) Mas, acima de tudo, descobriu o sistema binário da existência. Que é: dormir faz fome. Comer faz sono. Acordo porque tenho fome. Adormeço porque comi. Nos intervalos, faço as necessidades.»



Miguel Esteves Cardoso, in Como é Linda a Puta da Vida





11 comentários:

  1. Infelizmente o meu gato também anda à porrada, o que faz com que parte do seu tempo seja a miar num agudo insuportável, por causa das dores. Não aprende! **

    ResponderEliminar
  2. Concorrência?! :-)

    PS: o livro todo merece a pena - recomendo!

    ResponderEliminar
  3. O meu apesar de ser castrado tem a mania que é o maior da rua e está sempre pronto para a zaragata :)
    Mas é um mimado, um brincalhão e um dorminhoco também. Faz parte da família ;)

    p.s. - aquilo ontem foi mesmo inglório...parece praga!

    ResponderEliminar
  4. Eu hoje também queria ser gato, estar na caminha quentinha a nanar, como não sou estou a trabalhar.

    Os gatos é que a sabem toda :)

    ResponderEliminar
  5. Não sei como vim aqui ter e já me fartei de rir contigo.
    Quanto aos gatos, às vezes também me apetecia ser como eles, mais concretamente, como os meus que são muito mimados.
    Hei-se comprar o livro, fiquei curiosa.
    Beijinhos
    Helena

    ResponderEliminar
  6. Também me apetecia ser gato hoje :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  7. Hoje foi um dia não estou a ver. ;)

    Abracinho

    ResponderEliminar
  8. Esse senhor escreve bem como tudo :)

    ResponderEliminar