quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Ando revoltada

Nesta empresa onde trabalho, uns são filhos da mãe e outros são filhos da puta.
Este foi o ano em que tivemos A-facturação-de-sempre, mais do dobro do ano anterior, e para quê?? Os meninos preferidos foram aumentados, outros nem foram sequer chamados à conversa, eu faço parte do último grupo, apenas fui aumentada no trabalho, cresce a olhos vistos e ainda por cima o meu chefe não anda bem, logo quem tem de levar o barco para a frente sou eu e comandar este departamento que só tem metade da empresa...
Enerva-me, dar o litro e não ser reconhecida. Enerva-me fazer imensas coisas, despachar e desenrascar tudo e todos e não ser reconhecida.
Mas o que mais me enerva é ver pessoas a coçar a micose (e eu vejo-os na net e a teclar o dia todo) e ainda receberem mais do que eu. Aaaaaaaaaaaiiiiiiiiii que-se-me-dá-nos-nervooooooooooooos
As bruxas daqui vão todos os dias 1h inteirinha para o café (das 9:30 às 10:30) e depois coitadinhas elas-têm-tanto-trabalho-que-têm-de-ficar-sempre-depois-da-hora mas nos dias em que o Boss sai mais cedo, elas são as primeiras a saírem a horas, aaaaaaaaaaiiiiiiiiiiiii k irritantes
Estou a ver que aqui não temos de ser, temos de parecer. Ora portanto, vou começar a parecer.

5 comentários:

  1. Sê tu mesma! Mais tarde ou mais cedo tudo de bom e mau vem ao de cima! :)

    Beijo

    ResponderEliminar
  2. A verdade vence sempre! Pode demorar, mas vence.
    Olha que 1 hora diária com as "bruxas" no café... deve ser dose!! ;)
    **

    ResponderEliminar
  3. não ser reconhecida pelo nosso trabalho, quando acabamos por sermos nos a mover um barco desse genero é muito chato mesmo!

    ResponderEliminar
  4. Injustiças é que não... deviam aumentar todos os que contribuíram para os bons resultados. menos a cada um... mas todos aumentados.

    ResponderEliminar