quinta-feira, 27 de março de 2014

Continuo sem perceber


Como-é-que-é-possível-as-pessoas-cheirarem-a-sovaco-e-não-se-darem-conta.
Fodassseeeeeeeeeeeee
No outro dia em conversa, eu faço-me sempre ouvir de que sou uma gaja prevenida e tenho sempre na minha mala toalhitas e desodorizante (não se vá dar o caso de me esquecer ou dormir fora de casa), para que percebam que nem me importo de partilhar as toalhitas para uma limpeza de urgência (partilhar o desodorizante é que nem pensar), e podiam partir da mesma ideia e fazer o mesmo.
Se eu sinto o cheiro, se o cheiro se propaga nas redondezas, como é que as pessoas em causa não o sentem?




16 comentários:

  1. Só o facto de chegarem a tal, diz tudo: don't care!

    ResponderEliminar
  2. Também não percebo, sou sincera...
    Credo...

    ResponderEliminar
  3. Já tive a infelicidade de me cruzar umas quantas vezes com pessoas assim (e já tive que trabalhar com uma!) e a única explicação que me ocorre é:
    habituam-se ao cheiro.
    É como aquelas pessoas que vivem em locais com fábricas de celulose perto (Cacia, Vila Velha de Rodão...), que cheiram mal como o raio e perguntamos ao pessoal como é que eles aguentam e eles respondem:
    habituamo-nos ao cheiro.
    Bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  4. Há gente com deficit de limpeza... e de olfacto!

    ResponderEliminar
  5. Porque o nariz já está anestesiado?

    ResponderEliminar
  6. Tenho uma colega de trabalho que sofre horrores porque sempre que se enerva não há desodorizante que lhe valha! Vai de 15 em 15m ao wc lavar-se e colocar desodorizante. Nem farmacêuticos nem médicos lhe valeram até hoje. :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, pode ser doença, mas ao menos essa tua colega faz algo por ela....

      Eliminar